O TEATROESFERA

Um dos princípios estruturantes do Teatroesfera é a relação com a comunidade envolvente. A sua linha artística é a acumulação de vários anos de pesquisa, integrando vários encenadores, criando uma diversidade de programação e estímulos culturais. Nas peças do Teatroesfera, o trabalho do ator é reconhecido como génese da criação, complementada por imagens de qualidade e rigor numa visão cenográfica de particular mobilidade, capacidade de transformação e envolvência. A companhia teatral centra a sua criação artística no trabalho do ator, fundamentação para a programação dos espetáculos e escolha de várias linhas dramatúrgicas que sublimam a criatividade dos intérpretes. O resultado são espetáculos com uma grande dose de suspense, diversas vertentes do humor mesmo naqueles com temas incómodos, sempre intrincados por valores e direitos de igualdade e de respeito pelo ser humano com um tom de surrealismo ou non-sense poético do universo suburbano.

O trabalho desenvolvido pelo Teatroesfera é acompanhado pela DGArtes, Câmara Municipal de Sintra e pelas duas Uniões de Freguesias (Queluz e Belas, Monte Abraão e Massamá) que o reconhecem como parceiro no serviço público e o incentivam garantindo o seu apoio regular.

Historial

O Teatroesfera nasceu a 29 de Março de 1995 gerado por um grupo de actores (João Ricardo, Paula Sousa, Paulo Oom, Pedro Alpiarça e Teresa Faria) oriundos de algumas das mais prestigiadas companhias (Novo Grupo, Cornucópia, A Barraca) que escolheu Massamá, uma zona periférica da capital com um alto crescimento populacional (que conheciam bem) e era desprovida de qualquer vida cultural. Um grupo que desejava aprender mais sobre a arte de interpretar e comunicar e que foi assimilando várias técnicas de trabalho de actor convidando/desafiando encenadores e as suas visões estéticas e artísticas: Fernando Gomes, José Carretas, Almeno Gonçalves, Joaquim Nicolau, João Lagarto, Paulo Oom, Teresa Faria, António Fonseca, João Ricardo, José Rui Martins, Rui Luís Brás, Pepa Diaz Meco, Ricardo Neves-Neves. Fomentou a formação dos seus profissionais através de workshops, sobretudo de técnicas do Teatro Físico e Clown: João Ricardo, Ana Piu, Pepa Diaz Meco.

 

O Teatroesfera preocupa-se em comunicar cada vez melhor com os seus públicos elegendo os vários tipos de Humor, estimulando autores para novas dramaturgias (Abel Neves, Francisco Parreira, Ricardo Neves-Neves, Fernando Gomes) e em fazer mais feliz a sua comunidade. O Teatroesfera já produziu 53 criações onde participaram centenas de actores, formando e profissionalizando alguns (Carla Galvão, Emanuel Arada, Vítor Oliveira, Sílvia Figueiredo, Rafael Barreto p.e). Inicialmente apresentava os seus espectáculos no Real Sport Clube levando-os a Lisboa e resto do país. A relação com a C.M.Sintra foi crescendo, culminando com o apoio desta para a construção de uma sede. Com esse financiamento garantido, a Companhia procurou mais apoios e com o investimento da sua equipa abriu o primeiro Teatro do 2º milénio em Portugal, o “Espaço Teatroesfera”, 27 de janeiro de 2001.

Com esta alteração das condições de trabalho e de apresentação, o Teatroesfera pôde finalmente enveredar pelo caminho que acreditava ser o mais correcto: uma estrutura permanente com trabalho regular. Desde 2001, com o apoio da Câmara Municipal de Sintra e com os apoios sustentados do Ministério da Cultura. A formação artística é um dos seus objectivos e desde a sua génese realizou OEDs integradas nos programas sócio-educativos da C.M.Lisboa e C.M.Sintra e ainda para o Min. da Cultura. Porém, este percurso não se fez só de sucesso.

Entre 2014 e 2017 o Grupo não contou com o apoio da DGArtes, porém continuou a sua actividade regular e com as portas abertas, apenas com os apoios do município. Reduziu a sua produção artística, mas criou e desenvolveu novos projectos para/com a sua comunidade. Este trabalho é acompanhado pela CMS e Uniões das Freguesias que o reconhecem como parceiro no serviço público e o incentivam garantindo o seu apoio regular. O Teatroesfera amadureceu, está mais forte, e sente-se mais bem preparado para o futuro.

QUEM SOMOS

image00007

PAULA SOUSA

DIRETORA ARTÍSTICA | ENCENADORA | ATRIZ
image00005

ANA LANDUM

DIRETORA PRODUÇÃO | ATRIZ | FIGURINISTA
image00004

JORGE ESTREIA

DIRETOR TÉCNICO | ATOR
image00002

HERMÍNIA MELO

CONTABILISTA CERTIFICADA | PRODUÇÃO
image00001

ADRIANA RIBAS

TÉCNICA SOM/LUZ, ASSISTENTE ENCENAÇÃO
image00001

ISABEL RIBAS

ATRIZ
image00003

JOSÉ NOBRE

ATOR
image00006

TIAGO RIBAS

ATOR

EQUIPA FIXA

ANTÓNIO BARTOLOMEU PRODUÇÃO, GESTÃO REDES SOCIAIS

CARLOS VINICIUS TÉCNICO SOM/LUZ, TÉCNICO DE PALCO

CARLA JANEIRO PROFESSORA DE DANÇA

EL DUPLO DESENHO DE LUZ

LUÍSA BATISTA TÉCNICA DE LIMPEZAS

MAFALDA SANTOS PROFESSORA DE TEATRO

MANUEL PILÓ MANUTENÇÃO

MARIA DAS DORES LANDUM COSTUREIRA

RAFAELA ESTREIA BILHETEIRA

SARA SOUSA GESTÃO REDES SOCIAIS

 

COLABORADORES FREQUENTES

ALEXANDRE ANTUNES DESIGNER GRÁFICO

ANA MATIAS COORDENAÇÃO TERTÚLIAS

ISABEL CAMPÊLO DIREÇÃO DE VOZ

JOÃO OOM MOTION DESIGNER

JOSÉ FRADE FOTÓGRAFO

JOSÉ FURA VIDEÓGRAF

MARIA CLARO ATRIZ

MARTA FERNANDES DA SILVA ADERECISTA, CENÓGRAFA

PROEASY DESIGN CENÁRIOS

RICARDO TRINDADE CENÓGRAFO

TERESA FARIA AUTORA, ATRIZ

VICTOR LINHARES COREÓGRAFO

 

EMPRESAS A QUEM CONFIAMOS O NOSSO ESPAÇO

GLOBAL SEGURANÇA

LUSOGIENE

RENTOKIL INITIAL PORTUGAL